A Juventus venceu hoje na receção ao Chievo por 3-0, a fechar a 20ª jornada da I Liga italiana de futebol, num dia em que Cristiano Ronaldo juntou uma exibição desinspirada ao falhanço de um penálti.

A ‘vecchia signora’ chegou cedo à vantagem, pelo brasileiro Douglas Costa, aos 13 minutos, mas nem esse golo impulsionou a equipa para uma boa exibição coletiva ou Cristiano Ronaldo para uma boa exibição individual.

Mesmo a jogar a um ritmo baixo, a Juventus conseguiu chegar ao segundo golo antes do intervalo, aos 45 minutos, pelo alemão Emre Can, a passe do argentino Paolo Dybala.

Cristiano Ronaldo esteve particularmente desinspirado e falhou mesmo a cobrança de um penálti, aos 53 minutos, permitindo a defesa ao guarda-redes Stefano Sorrentino.

Com o resultado feito, a Juventus geriu a vantagem na segunda parte e chegou ao terceiro golo, aos 84 minutos, pelo central Daniele Rugani.

Com este triunfo, a Juventus mantém a liderança com 56 pontos, mais nove do que o Nápoles, que soma 47, seguido do Inter, em terceiro lugar, com 40, e do AC Milan, em quarto, com 34.

Ao início da tarde, o AC Milan venceu o Génova por 2-0, fora, com golos de Fabio Borini, aos 72 minutos, e do espanhol Suso, aos 83 minutos, o que lhe permitiu retomar o quarto lugar, com 34 pontos, ultrapassando a AS Roma, com 33.

Pelo Génova alinhou o internacional português Miguel Veloso, que foi protagonista de um remate de fora da área que levou a bola a embater com estrondo na barra, desviada pelo guarda-redes romeno Andrei Radu, com uma estirada espetacular. Seria substituído aos 84 minutos, pelo avançado Nicola Dalmonte.

*Artigo atualizado às 21h55

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.