Koulibaly foi alvo de insultos racistas durante o jogo desta quarta-feira entre Nápoles e Inter de Milão, revelou Carlo Ancelotti no final do encontro que terminou com a vitória dos 'nerazurri' por 1-0.

Carlo Ancelotti considerou que o defesa senegalês foi expulso devido à pressão a que foi sujeito pelos adeptos do Inter de Milão.

No final do jogo, o jogador do Nápoles utilizou as redes sociais para reagir à expulsão e aos insultos racistas de que foi alvo. "Sinto muito pela derrota e por ter deixado os meus irmãos", começou por dizer Kalidou Koulibaly.

"Tenho orgulho na cor da minha pele. Tenho orgulho de ser francês, senegalês, napolitano: homem", rematou o jogador.

Já o técnico Carlo Ancelotti revelou que o Nápoles pediu "a suspensão do jogo três vezes devido a cânticos racistas, ouviram-se três avisos no estádio e nada foi feito", acrescentando que "a expulsão foi determinante para o resultado. Ele não estava calmo por causa de tudo o que estava a acontecer".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.