O Inter visitou e venceu, este domingo o Parma por 2-1, em partida da 28.ª jornada da Serie A italiana. Um triunfo que mantém o conjunto de Milão com uma réstia de esperança de chagar, ainda, ao tíulo, num jogo em que, aos 83 minutos, perdia por 0-1 e jogava com menos um elemento.

O Parma, que contou com o português Bruno Alves durante os 90 minutos, marcou primeiro, por intermédio de outro veterano, Gervinho, logo aos 15 miuntos. Depois, a meio do segundo tempo, Tommaso Bernim, guarda-redes do Inter, foi expulso por conduta anti-desportiva. Pensou-se que seria o canto do cisne dos 'nerazzurri' na luta pela vitória e pelo 'scudetto', mas aos 84 minutos o defesa Stefan de Vrij restabeleceu a igualdade.

Kucka foi entretanto também expulso do lado do Parma e a equipa de Antonio Conte acabou mesmo por voltar a marcar, aos 87 minutos, consumando a reviravolta graças a um golo de Bastoni.

O triunfo deixa o Inter a oito pontos da líder Juventus, enquanto o Parma ocupa o oitavo posto, com 39 pontos.

Logo atrás do Inter surge a Atalanta, que venceu por 3-2 no terreno da Udinese, enquanto o quinto classificado, a Roma, de Paulo Fonseca, perdeu por 2-0 na deslocação a San Siro, ante o AC Milan. Um Milan que é sétimo classificado, tendo à sua frente o Nápoles, que por sua vez venceu por 3-1 este domingo na receção ao SPAL.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.