Patrice Evra recordou as duas épocas e meia pela Juventus para elogiar a forma os italianos trabalham o físico. Em declarações à 'Sky Sports', o antigo lateral francês sublinhou que a passagem pela 'Vecchia Signora' foi um dos maiores desafios da carreira, ele que esteve 10 épocas no Manchester United.

"Comparado com a Juventus, o Manchester United foram umas férias. A forma como trabalham, como treinam, dois dias no hotel antes dos jogos, treino no dia do jogo... Tínhamos um dia de folga por mês. Foi um dos maiores desafios da minha carreira. Estou orgulhoso por ter representado o clube [n.d.r. Juventus] por duas épocas e meia. Claro que não gostei [do estilo de vida] porque gosto de controlar o que faço, mas esse trabalho é importante para jogadores jovens. A Juventus tem o trabalho duro no ADN. Cheguei a ver alguns jogadores a vomitar, mas terminavam o treino", confessou Evra, em declarações à 'Sky Sports',

Para o francês de 38 anos, nem todos os jogadores estão preparados para jogar na Serie A italiana.

"Queriam que corresse 12 quilómetros em todos os jogos. Para mim, não fazia qualquer sentido porque tínhamos sempre a posse de bola. Os treinos são mais duros que os jogos. Alguns dizem que é mais fácil jogar em Itália, mas muitos nem conseguiam treinar sequer. Foi um choque", recordou.

O francês fez 82 jogos pela Juventus onde conquisto cinco títulos: dois campeonatos, duas Taças de Itália e uma Supertaça.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.