O futebolista internacional italiano Daniele De Rossi vai deixar a Roma 18 anos depois de ter chegado ao clube, como juvenil, e após duas temporadas com a braçadeira de capitão herdada de Francesco Totti.

“Há quase 18 anos, um jovem Daniele De Rossi estreava-se na Roma frente ao Anderlecht. Contra o Parma, no Olímpico, vai jogar a sua última partida com a nossa camisola. Vai ser o fum de uma era”, lê-se no comunicado do clube ‘giallorossi’.

O médio, de 35 anos, vai despedir-se dos adeptos romanos no próximo dia 26 de maio, na última jornada do campeonato, para prosseguir a carreira fora de Itália.

Com 615 jogos e 63 golos pelo clube, De Rossi é apenas superado por Totti na hierarquia dos encontros pela Roma (786 jogos e 307 golos). Conquistou duas Taças de Itália, em 2007 e 2008, uma Supertaça italiana, em 2007, na qual marcou o golo do triunfo sobre o Inter Milão.

“Durante 18 anos, o Daniele foi o coração da Roma. Sempre representou os adeptos romanistas no campo com orgulho, afirmando-se como um dos melhores médios da Europa”, afirmou o presidente da Roma, James Pallotta.

O médio conta 117 internacionalizações pela ‘squadra azzurra’, conquistando o título de campeão do mundo em 2006, tendo convertido uma das grandes penalidades na final diante da França.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.