O jornal italiano "Il Corriere dello Sport" avança esta segunda-feira que a Juventus admite vender Cristiano Ronaldo para o Real Madrid, antigo clube do português, com o objetivo de superar a crise financeira provocada pelo novo coronavírus.

De acordo com a publicação transalpina, a direção do emblema de Turim duvida que conseguirá manter o salário de 20 milhões de euros anuais auferidos pelo jogador (que entretanto já reduziu este valor face à COVID-19), pelo que está disposto a iniciar negociações.

O facto de Ronaldo ter estado no Santiago Bernabéu a apoiar o Real Madrid diante do Barcelona também agradou à direção merengue, que encara a forte ligação do português ao clube como um futuro trunfo negocial.

Ronaldo, recorde-se, representou o Real Madrid entre 2009 e 2018, precisamente antes de se transferir para a Juventus.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.