Sem entrar em polémicas em relação a rivalidades entre clubes, Pepe frisou que todos os jogadores estão na seleção para defender Portugal. Depois do clássico quente entre FC Porto e Benfica, o defesa recusa a ideia de ter qualquer problema com João Félix.

"É simples...ele defende o seu clube e eu o meu. Aqui estamos a defender o nosso País e somos companheiros. Não há que criar polémica ou especulação. Aqui temos o mesmo objetivo, que é defender o nosso País e dar o nosso melhor", comentou o defesa, que teve a mesma abordagem quando questionado sobre a possibilidade de fazer dupla na defesa, com outro jogador do Benfica. Nesta caso, Rúben Dias.

"Dou-me muito bem com todos eles. Independentemente do clube em que jogam, estamos aqui para defender Portugal. É isso que vamos fazer, porque temos essa ilusão de estar no Campeonato da Europa e poder revalidar o nosso título."

Portugal começa a defender o título europeu conquistado em 2016, em França, frente à seleção da Ucrânia, na sexta-feira, no Estádio da Luz, em Lisboa, recebendo três dias depois, em 25 de março, a Sérvia, no mesmo recinto, estando o início de ambos os jogos agendado para as 19h45.

A seleção nacional vai disputar o grupo B, que inclui ainda a Lituânia e o Luxemburgo.

Pela primeira vez, a fase final do Campeonato da Europa vai decorrer em 12 cidades de 12 países diferentes, com Londres a receber os jogos das meias-finais e da final.

O Portugal-Ucrânia vai ser arbitrado pelo francês Clément Turpin.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.