Portugal vai mais uma vez ter pela frente a França, desta vez no grupo 3 da Liga A da Liga das Nações de futebol, agrupamento que conta ainda com a Croácia, vice-campeã mundial, e uma renascida Suécia.

Com apenas o primeiro lugar do grupo a dar acesso à fase final, a missão da seleção lusa, vencedora da primeira edição da competição, promete ser difícil, com França e Croácia a serem, à partida, os principais rivais na luta pelo apuramento.

Depois da histórica final do Euro2016 e da fase final do Euro2020, os gauleses vão voltar a aparecer no caminho de Portugal, agora com o estatuto de campeões mundiais.

Tirando a final do Europeu de há quatro anos, que deu o primeiro título de sempre à seleção portuguesa, a França quase sempre fez a vida ‘negra’ ao lado luso, que continua com um registo bem negativo perante este rival.

Num total de 25 jogos, incluindo oficiais e particulares, Portugal sofreu 18 derrotas, empatou uma vez e venceu apenas por seis ocasiões.

Na Liga das Nações, o selecionador Fernando Santos prepara-se para defrontar a França pelas quinta e sexta vezes desde que assumiu o comando da formação lusa, em 2014.

O historial de Portugal com a Croácia é mais curto, mas também bem mais positivo, com quatro vitórias e apenas um empate nas cinco vezes que se defrontaram.

Num particular em 2018, as duas seleções empataram a uma bola, no Estádio Algarve, mas antes, no Euro2016, a seleção nacional ultrapassou os croatas nos oitavos de final, com um triunfo por 1-0, após prolongamento.

A Croácia está, talvez, a passar pelo seu melhor período desde que começou a competir em provas oficiais, em 1992, e, além do estatuto de vice-campeã mundial, deixou também boa imagem na qualificação para a fase final do Euro2020, tendo conquistado o Grupo E, sofrendo apenas uma derrota.

Mais ‘simpática’ promete ser a Suécia, embora os escandinavos estejam a reerguer-se depois do fim da era Zlatan Ibrahimovic.

Os suecos também vão estar no Euro2020, depois de terem alcançado o segundo lugar do Grupo F de apuramento, atrás da Espanha, com apenas uma derrota em toda a campanha, precisamente contra essa seleção ibérica.

Quanto o resto do sorteio da Liga, destaque para o Grupo 4 com Espanha e Alemanha, que terão a companhia de Ucrânia e Suíça, e para o grupo 2, com Bélgica e Inglaterra a lutarem pelo apuramento, juntamente com Dinamarca e Islândia.

No Grupo 1, o sorteio juntou Itália, Países Baixos, finalista vencido da primeira edição, Polónia e Bósnia-Herzegovina.

O primeiro lugar de cada grupo permite a qualificação para a fase final da prova, enquanto o último resulta na despromoção à Liga B.

A fase de grupos vai decorrer entre setembro e novembro deste ano, com a ‘final four’ da Liga A a acontecer em junho de 2021, ainda num país a designar.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.