O jogador que agora alinha no futebol russo, pelo Lokomotiv, foi o escolhido para a primeira conferência de antevisão ao jogo da próxima sexta-feira frente a Luxemburgo.

João Mário abordou o seu regresso à equipa das 'quinas', a dificuldade do adversário e ainda o caso de Bernardo Silva.

A importância do regresso à seleção 

"Para mim estar na seleção é uma alegria, foi para isso que mudei, para jogar com mais regularidade para ser opção. Só jogando é que tenho a possibilidade de estar cá, muito feliz pela decisão que tomei. É como se fosse o primeiro dia, é sempre uma oportunidade estar na seleção"

Luxemburgo

"Sim, nem o podemos fazer [subestimar], temos visto os resultados que têm feito. É uma equipa que se conhece muito bem, tem o mesmo treinador há 9 anos. Hoje em dia já não há jogos fáceis, temos qualidade para os vencer. Jogamos em casa e temos todas as condições para os vencer, mas é um adversário é muito duro"

O que sente quando não vê o seu nome nos convocados e a concorrência no meio campo

"Para alguém que esta habituado [a vir à seleção] , foi muito duro ter estado fora da Liga das Nações, mas temos de ser honestos, não estando a jogar, numa seleção tão forte não faz sentido. Fico triste, mas num meio campo tão forte é difícil. Fico muito contente de ser uma opção para o selecionador. Temos muitas qualidades não só no meio campo mas noutras posições, temos muitas opções"

Regresso e ambiente na Seleção

"Sim é um regresso a casa mas o grupo é praticamente o mesmo, só o Ruben [Semedo] é novo mas ate esse já o conheço do Sporting. É um grupo que há conhece muito bem, o ambiente na seleção é muito bom"

Regresso a Alvalade

"Acho que só joguei pela seleção em Alvalade uma vez. É sempre muito especial para mim, espero que o estádio de Alvalade possa trazer sorte"

Favoritismo de Portugal

"Espero que sim, dois jogos muito importantes, o primeiro jogo é muito importante, estádio lotado. Acho mesmo que devemos pensar passo a passo e olhar já para o jogo com o Luxemburgo, é muito importante conseguirmos os três pontos, porque o objectivo é ficarmos em primeiro no grupo"

Bernardo Silva e o problema em Inglaterra

"Afetado não, o Bernardo é uma excelente pessoa, conheço-o desde os escalões jovens. Não faz muito sentido acusar alguém como ele de algo tão grave. Não tem nenhuma lógica, mas ele sabe o que são as redes sociais. Ele está descansado, sabe que aquilo não passou de uma brincadeira"

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.