O antigo selecionador nacional de Portugal, Luiz Felipe Scolari, admitiu esta quinta-feira que a conquista do Euro2016 em França 'tirou-lhe um peso de cima' depois de ter perdido a final de 2004 em Lisboa para a Grécia.

Em entrevista ao jornal espanhol Marca, o treinador brasileiro falou sobre vários assuntos e não deixou de abordar temas sensíveis como a derrota na final do Euro'2004 entre Portugal e Grécia.

"[A vitória de Portugal no Euro'2016] Tirou-me um peso de cima, porque perdi a final de 2004 em Lisboa e acho que merecia vencê-la. Fernando Santos ganhou o Europeu fora de casa, fiquei muito contente. Fiz grandes amizades em Portugal e senti-me sempre respeitado. Fiz um grande trabalho, fomos finalistas do Campeonato da Europa e chegámos às meias-finais do Mundial 2006. Ainda hoje sinto um grande carinho pelo que fiz na seleção portuguesa", afirmou Scolari ao referido jornal espanhol.

E como a entrevista foi ao jornal Marca, o tema Cristiano Ronaldo surgiu naturalmente em conversa.

"Ficava contente pelo Cristiano se o Real Madrid conquistasse a Liga dos Campeões. Torço sempre por ele, é uma pessoa maravilhosa", atirou o técnico brasileiro.

Já em relação ao arranque do Mundial'2018, Luiz Felipe Scolari foi desafiado a fazer uma antevisão sobre quais as seleções favoritas à conquista da prova.

"As principais favoritas são oito, dez seleções. Muitas seleções têm condições para ganhar, não só o Brasil. O Brasil é pentacampeão mundial, mas não é a única favorita. Vejo o mesmo que todos: oito ou dez equipas bem preparadas têm condições para levantar o troféu", frisou Scolari..

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.