O Nacional isolou-se hoje provisoriamente na liderança da II Liga de futebol, ao vencer o FC Porto B por 4-1, em jogo antecipado da 14.ª jornada, disputado no Estádio da Madeira, no Funchal.

O Nacional impôs-se num jogo com uma primeira parte em que o FC Porto B foi mais dominador, mas na segunda os insulares detiveram maior ascendente, sentenciando a partida nos derradeiros minutos, com dois golos de Brayan Riascos.

O Nacional adiantou-se no marcador logo aos dois minutos, com Bryan Róchez a corresponder bem a um centro de Nuno Campos e a rematar fora do alcance de Mouhamed Mbaye.

O FC Porto B restabeleceu a igualdade, à passagem dos 15 minutos, com Vítor Ferreira a finalizar com classe uma boa combinação ofensiva.

A partir daí, os portistas ganharam claro ascendente e, aos 18 minutos, Daniel Guimarães, com uma grande defesa, negou o golo a João Mário. Aos 24, foi Boris Enow que, na cobrança de um livre, fez a bola sair junto à barra.

O Nacional respondeu, dois minutos volvidos, num cabeceamento de Rui Correia que saiu junto ao poste.

O FC Porto B detinha maior domínio no jogo, mas foi o Nacional a voltar para a frente do marcador, aos 42 minutos, num remate forte e colocado de João Camacho, após uma assistência acrobática de Júlio César.

Na segunda parte, aos 54 minutos, o Nacional dispôs de uma soberana oportunidade, primeiro num cabeceamento de Marco Borgnino ao poste, e, na recarga, Bryan Róchez, com a baliza desguarnecida, rematou por cima.

Quatro minutos mais tarde, surgiu nova ocasião de golo, com João Camacho a cabecear junto à barra, após uma boa incursão de Witi.

O FC Porto B procurou sempre restabelecer o empate e, aos 80 minutos, Daniel Guimarães voltou a brilhar, desta feita após um remate de Fábio Vieira.

Aos 88 minutos, a partida ficou sentenciada, num rápido contra-ataque finalizado por Brayan Riascos, que haveria de bisar já em período de compensações.

Jogo no Estádio da Madeira, no Funchal.

Nacional - FC Porto B, 4-1.

Ao intervalo: 2-1.

Marcadores:

1-0, Bryan Róchez, 02 minutos.

1-1, Vítor Ferreira, 15.

2-1, João Camacho, 42.

3-1, Brayan Riascos, 88.

4-1, Brayan Riascos, 90+1.

Equipas:

- Nacional: Daniel Guimarães, Nuno Campos, Júlio César, Rui Correia, Witi, Alhassan, Vítor Gonçalves, Rúben Micael (Jota, 79), Marco Borgnino (Paulo Victor, 60), João Camacho e Bryan Róchez (Brayan Riascos, 72).

(Suplentes: Framelin Ohoulo, Leonel Mosevich, Jota, Marcelo Freitas, Paulo Vyctor, Kenji Gorré e Brayan Riascos).

Treinador: Luís Freire.

- FC Porto B: Mouhamed Mbaye, Tomás Esteves (Tony Djim, 63), Gonçalo Brandão, Nahuel Ferraresi, Luís Mata, Mor Ddiaye, Borid Enow (Fábio Vieira, 77), Vítor Ferreira, Madi Queta, João Mário e Afonso Sousa (Ángel Torres, 71).

(Suplentes: Ricardo Silva, Fábio Vieira, Ángel Torres, Pedro Justiniano, Tony Djim, Rodrigo Valente e Musa Yahaya).

Treinador: Rui Barros.

Árbitro: Vítor Ferreira (AF Braga).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Alhassan (22), Rúben Micael (31), Nahuel Ferraresi (31), Nuno Campos (37), Paulo Victor (64), Mor Ndiaye (66) e Rui Correia (84).

Assistência: Cerca de 1500 espetadores.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.