O Benfica B venceu o Nacional por 1-0, regressando às vitórias na II Liga portuguesa de futebol, em partida da sétima jornada, e impondo aos madeirenses a primeira derrota na competição, após oito jogos.

Os visitantes, que já disputaram (e venceram por 4-1) a partida antecipada da 14.º ronda, frente ao FC Porto B, deixaram desta forma a liderança à mercê de Farense ou Leixões, que se defrontam no domingo, bem como do Sporting da Covilhã, que recebe o Cova da Piedade.

Um golo de cabeça do lateral direito João Ferreira, aos 53 minutos, na sequência de um livre apontado por Nuno Santos, a castigar uma falta sobre Nuno Tavares, deu justiça ao marcador e ‘catapultou’ os ‘encarnados’, de forma provisória, para o oitavo lugar da tabela, com 10 pontos.

O conjunto de Renato Paiva esteve mais dinâmico pelo lado esquerdo e a isso não foi alheia a presença do lateral Nuno Tavares, que ‘reforçou’ a equipa secundária, depois de nos últimos dois meses ter alinhado apenas em um encontro da equipa principal, frente ao Vitória de Guimarães, para a Taça da Liga, em 25 de setembro.

Ainda assim, apesar da intensidade, a equipa da casa não criou oportunidades flagrantes na primeira parte, durante a qual teve o lance mais perigoso num remate de primeira de Nuno Santos (40 minutos), que passou a centímetros do poste.

No segundo tempo, o Benfica B manteve a pressão e Tiago Dantas podia ter sentenciado a partida, aos 66 minutos, quando, sozinho, ‘disparou à figura’ de Daniel Guimarães, após um grande lance individual de Rodrigo Conceição já dentro da grande área visitante.

Luís Freire reagiu e fez três alterações em menos de 10 minutos, mas a equipa não correspondeu e só nos instantes finais chegou, sem perigo, à baliza ‘encarnada’, com um cabeceamento de Júlio César (89), fácil para Svilar defender, e um remate de Jota (90+5), por cima da trave.

Jogo no Benfica Futebol Campus, no Seixal.

Benfica B – Nacional, 1-0.

Ao intervalo: 0-0.

Marcador:

1-0, João Ferreira, 53 minutos.

Equipas:

- Benfica B: Svilar, João Ferreira, Pedro Álvaro, Morato, Nuno Tavares (Frimpong, 71), Mendes, Tiago Dantas (Vukotic, 83), David Tavares, Rodrigo Conceição, Nuno Santos e Gonçalo Ramos (Daniel dos Anjos, 80).

(Suplentes: Celton Biai, Tiago Gouveia, Frimpong, Csoboth, Kalaica, Daniel dos Anjos e Vukotic).

Treinador: Renato Paiva.

- Nacional: Daniel Guimarães, Nuno Campos (Kalindi, 65), Júlio César, Rui Correia, Witi, Alhassan, Vítor Gonçalves, Ruben Micael (Jota, 69), Paulo Vyctor (Rochez, 61), Camacho e Brayan Riascos.

(Suplentes: Framelin Ohoulo, Mosevich, Jota, Kalindi, Marcelo Freitas, Rochez e João Fernandes).

Treinador: Luís Freire.

Árbitro: Dinis Gorjão (AF Setúbal).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para David Tavares (37) e Daniel dos Anjos (88).

Assistência: cerca de 800 espetadores.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.