O tetracampeão Benfica somou hoje o quarto triunfo na edição 2017/18 da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Portimonense por 2-1, num encontro da quinta jornada em que esteve a perder.

O brasileiro Fabrício deu vantagem aos algarvios, aos 56 minutos, mas, aos 59, ficaram sem o ganês Hackamn, que viu o vermelho direto. O ‘canarinho’ Jonas empatou, de penálti, aos 60, e André Almeida selou o triunfo, aos 78.

Com este resultado, os ‘encarnados’ ascenderam, provisoriamente, ao segundo lugar, com 13 pontos, menos dois do que o Sporting, vencedor por 3-2 no reduto do Feirense, graças a um penálti de Bas Dost, aos 90+8 minutos.

"Foi um jogo tremendamente difícil, sabíamos que íamos defrontar uma grande equipa no seu ambiente, uma equipa muito difícil que nos colocou muitas dificuldades, mas nós também colocámos muitas dificuldades ao Benfica e penso que poderíamos ter saído daqui com outro resultado não fosse um grande 'chouriço' que apareceu ali no jogo. E esse grande 'chouriço' é que definiu o jogo. Mas o futebol é isto mesmo, temos de aceitar isto. Os jogadores estão de parabéns, é uma pena ver a tristeza deles no balneário depois do que aconteceu dentro de campo, mas de qualquer das formas vamos em frente, sabemos que estamos no caminho certo e vamos tentar ser melhores no próximo jogo", começou por dizer Vítor Oliveira à BTV.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.