O Sporting não vai ter de pagar cinco milhões de euros a Bruno Fernandes pela não saída do médio esta época. A garantia foi dada por Frederico Varandas, presidente dos 'leões'. Em entrevista à Sporting TV, o líder leonino explicou que as atuais condições contratuais do médio vão ser revistas até para servirem de exemplo para os outros jogadores do clube.

"Não vão ser pagos cinco milhões nenhuns. O Bruno Fernandes vai ter revisto o seu contrato, não porque está previsto contratualmente mas porque merece. Até para exemplo para os outros jogadores. É assim que eu funciono. Se me derem eu dou. Estamos totalmente alinhados. Jogador, empresário e clube", garantiu Varandas, antes de deixar mais elogios a Bruno Fernandes.

"Eu conheço o Bruno Fernandes enquanto jogador e eu médico. A relação mudou porque eu passei a ser presidente e ele capitão. Bruno Fernandes demonstrou que é não só um grande jogador, mas, sobretudo, um grande profissional e capitão. Sei o que estes temas mexem com os jogadores. A dignidade, o exemplo e responsabilidade que manteve é exemplar. Ele percebeu como capitão, depois de eu lhe explicar, que o valor que davam por ele não era justo", atirou, antes de criticar o ruído à volta do jogador. Varandas garantiu que o jogador não está apalavrado com nenhum clube.

"Hoje é jogador do Sporting. Quando estive no Mónaco, Bruno Fernandes era um jogador desejado por muitos clubes. É um ruído que sei que teremos de viver com ele. Esse ruído de City e Real Madrid posso eu bem", garantiu.

O Sporting vive momentos conturbados, após o despedimento de Marcel Keizer, treinador da equipa principal, esta terça-feira. Keizer e o Sporting rescindiram contrato por mútuo acordo e agora, de forma interina, Leonel Pontes, que estava à frente dos sub-23, vai dirigir o grupo de trabalho 'verde e branco'.

Após quatro jornadas, o Sporting ocupa o quinto lugar da I Liga, com sete pontos, menos três do que o líder Famalicão. Na próxima ronda, os ‘leões’ visitam o Boavista, quarto colocado, com oito pontos.

Um dia depois de um final de mercado atribulado, onde viu partir Diaby, Raphinha e Thierry Correia. O emblema de Alvalade recebeu, por empréstimo, os avançados Fernando (Shakhtar Donetsk), Jesé Rodriguez (PSG) e Yannick Bolasie (Everton). Antes, a equipa tinha perdido Bas Dost para o Eintracht Frankfurt.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.