O Tondela perdeu em casa com o Santa Clara por 3-1, em encontro da 32.ª ronda da Primeira Liga. O resultado acaba por beneficar o Desportivo das Aves que assim vê confirmada a manutenção no escalão maior do futebol português, apesar de ter sido goleado pelo FC Porto este sábado.

A jogar em casa, os viseenses apanharam-se a perder logo aos 21 minutos, quando o iraquiano Osama Rashid converteu, com sucesso, uma grande penalidade cometida por Murillo sobre Mamadu.

No segundo tempo, a equipa de Pepa vai empatar, também da marca dos onze metros, pelo avançado Tomané, após o árbitro João Pinheiro assinalar falta de Ukra sobre Murillo na área açoriana, aos 51 minutos.

A precisar de vencer para sonhar com a manutenção, o Tondela vai voltar a ficar em desvantagem aos 66 minutos por Guilherme Schettine.

Aos 76, novo golo do Santa Clara, por Osama Rashid, a bisar no encontro.

Com a derrota o Tondela mantém-se no 16.º e antepenúltimo posto com 31 pontos, menos um que o Desportivo de Chaves, primeira equipa acima da linha de água.

O resultado do Tondela garante ao Desportivo das Aves e ao Portimonense a permanência na Primeira Liga, uma vez que têm 36 pontos e já não podem ser alcançados pela primeira equipa em zona de descida, precisamente o Tondela.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.