O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) garantiu, este sábado, através de um comunicado, que os dois elementos de apoio médico presentes no Estádio do Dragão no 'clássico' de ontem envolvidos numa breve polémica com Fábio Coentrão não pertencem aos seus quadros, uma vez que o INEM não integrou o dispositivo de socorristas no encontro da 25ª jornada.

"O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) não integrou o dispositivo de apoio médico ao jogo entre o Futebol Clube do Porto e o Sporting Clube de Portugal. Algumas notícias que têm vindo a ser veiculadas pela comunicação social, e que dão conta que dois elementos do INEM foram expulsos no decorrer do derby, são incorretas e carecem de retificação", pode ler-se no comunicado do INEM.

Recorde-se que aos 60' minutos do jogo entre FC Porto e Sporting, o árbitro Artur Soares Dias deu ordens de expulsão a um membro da equipa de emergência que estava no Estádio do Dragão na sequência de um momento de tensão com Fábio Coentrão. Tudo começou quando o jogador do Sporting tentou repor a bola em jogo e um dos elementos de apoio médico dificultou o acesso ao esférico, gerando-se uma confusão entre vários jogadores e membros da equipa de emergência.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.