Domingos Soares de Oliveira, administrador executivo da SAD do Benfica garantiu que o objetivo do clube é manter o plantel da presente época, e que João Félix só abandonará os 'encarnados' se algum clube bater a cláusula de rescisão de 120 milhões de euros.

"Se houver um clube que chegue aos 100 milhões por Félix, a intenção é não vender. Eu sei que é difícil as pessoas entenderem isto, mas acho que temos de sair do montante global: 100 milhões de euros é muito dinheiro. Nunca houve vendas de 100 milhões em Portugal", disse Domingos Soares de Oliveira ao programa ECO24, da TVI24.

"Agora, o nosso objetivo principal à data de hoje é ganhar no relvado. E portanto, tudo o que tivermos de fazer para manter os jogadores que nos permitam ganhar no relvado, vamos fazê-lo. Já houve anos em que a situação económica era mais débil e havia a necessidade de vender jogadores. Hoje a situação é diferente, se a cláusula é de 120 milhões e se não aparecer ninguém a batê-la, o jogador fica", acrescentou.

O administrador executivo da SAD do Benfica adiantou ainda que "não chegou nenhuma proposta" à Luz pelo jovem de 19 anos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.