O Sporting recebe o Boavista este domingo (17h30), apenas três dias depois do triunfo 'leonino' sobre o Basaksehir para a Liga Europa. Na antevisão à partida, Jorge Silas recusou encarar o desafio contra os axadrezados como "o jogo de intervalo" da prova europeia.

"Eu não chamaria o jogo do Boavista como o jogo de intervalo da Liga Europa. O Boavista é uma grande equipa, basta olhar para os jogadores deles. É uma equipa que nos vai trazer muitos problemas, diferentes dos que encontrámos na quinta-feira, jogam um futebol muito direto, que é sempre difícil contrariar. Temos de estar preparados para ter a capacidade de criar tantas ou mais ocasiões do que as que criámos na quinta-feira. Encaramos como um jogo muito sério, não como intervalo da Liga Europa. Se não encararmos o jogo com o mesmo compromisso e seriedade, não temos hipótese nenhuma de ganhar ao Boavista. Acho que isso nem passa pela cabeça dos meus jogadores e eu nem vou deixar que passe", disse o técnico em conferência de imprensa.

Mathieu e Coates são baixas para o duelo deste domingo, mas Silas garante que estas duas ausências "não vão influenciar muito" a equipa.

"Não vai influenciar muito. Um dos que vai jogar tem jogado nos últimos jogos. O outro é Tiago Ilori e é um jogador em quem confiamos. O facto de não ter estado nas convocatórias ou nos outros jogos não quer dizer que não contamos com eles. Nós contamos com todos os jogadores. Ainda noutro dia falámos do Yannick porque estava de fora. Às vezes os jogadores têm de ficar de fora, às vezes é só uma chamada de atenção para eles e o Tiago agora vai jogar e de certeza que vai jogar bem. Não é um motivo de preocupação para mim. Claro que preferíamos ter os jogadores todos, mas não é um motivo de preocupação", assegura.

Ainda assim, o treinador do Sporting admite fazer mais mudanças no onze: Depois de um jogo com a intensidade que tivemos na Liga Europa é impossível estar com a equipa toda a top, por isso é possível que façamos mais alterações. O tempo de recuperação é muito pouco. Jogámos na quinta-feira e hoje nem 48 horas passaram e temos de pensar no onze que mais garantias nos dá a nível físico, até porque depois ainda vamos fazer uma viagem. Por isso, vai haver mais do que uma alteração, mas é pelo nível físico dos jogadores."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.