O Benfica venceu este domingo o Sporting por 4-2 em jogo a contar para a 20ª jornada do campeonato nacional e recuperou o segundo lugar da prova.

No regresso a Alvalade depois do empate em Setúbal, Marcel Keizer foi obrigado a substituir dois jogadores nucleares do Sporting com as ausências de Mathieu e Acuña. Bruno Gaspar jogou no lado direito enquanto que André Pinto apresentou-se no centro da defesa leonina ao lado de Coates. No meio-campo, o técnico holandês apostou em Wendel, Gudelj e Bruno Fernandes com Nani, Raphinha e Bas Dost no ataque. Já do lado do Benfica, Bruno Lage não fez alterações em relação ao onze que goleou o Boavista com Vlachodimos na baliza e um quarteto defensivo constituído por André Almeida, Jardel, Rúben Dias e Grimaldo. No meio-campo, o técnico do Benfica apostou em Gabriel e Samaris com Rafa e Pizzi nos 'corredores' a municiar João Félix e Seferovic.

Sem perder na casa do 'rival' há quatro anos, a equipa do Benfica entrou dominadora em Alvalade com Grimaldo a dar muita profundidade ao lado esquerdo do ataque dos 'encarnados', e logo aos 4' minutos o lateral esquerdo espanhol conseguiu fugir à marcação e rematar à baliza de Renan. O esférico ainda desviou num adversário, mas nem Seferovic nem Samaris conseguiram rectificar o lance.

Aproveitando as transições rápidas, a equipa do Benfica demonstrava melhor qualidade de jogo e aos 11' minutos num lance criado por Grimaldo, Seferovic fez o 1-0 de cabeça. O Sporting 'acusou' a falta de Mathieu no centro da defesa e o avançado suíço aproveitou para saltar completamente à vontade para o fundo das baliza de Renan Ribeiro.

A perder em casa, o Sporting sentia muitas dificuldades para ultrapassar a coesão defensiva dos 'encarnados' e só criava perigo por intermédio de Bruno Fernandes. Aos 15' minutos, o médio português desperdiçou um livre direto ao atirar por cima da baliza de Vlachodimos. Em vantagem no marcador, o Benfica dispunha de mais espaço para jogar. Aos 22' minutos, João Félix rematou para o fundo da baliza do Sporting, mas o lance foi invalidado por Artur Soares Dias por indicação do vídeo-árbitro por uma falta do avançado do Benfica.

Aos 24' minutos, Jefferson cruzou para a área do Benfica, mas Vlachodimos afastou o perigo. O Sporting procurava um golo para relançar a partida, mas a estratégia montada por Bruno Lage anulava por completo os jogadores adversários mais criativos e permitia a exploração de rápidas transições por parte dos 'encarnados'. Aos 24' Seferovic apareceu à vontade na área leonina e rematou com perigo, mas Renan impediu o 2-0 ao avançado helvético.

Sempre com o controlo das operações, a equipa do Benfica acabou por dilatar a vantagem aos 36' minutos com um golo de João Félix. Numa transição rápida, Samaris passou o esférico para Seferovic e o avançado suíço assistiu João Félix, que, sozinho na cara de Renan, atirou para longe do alcance do guarda-redes.

Antes do intervalo, o Sporting ainda conseguiu relançar a 'esperança' leonina com um grande golo de Bruno Fernandes aos 43' minutos. Nani aproveitou uma perda de bola de Samaris e fez um passe em profundidade para Bruno Fernandes que atirou sem hipótese para o fundo da baliza de Valchodimos.

No segundo tempo, Marcel Keizer apostou na entrada de Diaby e deixou Nani no balneário. O Sporting regressou ao relvado com o intuito de chegar rapidamente ao empate, mas logo no primeiro minuto da segunda parte um livre de Pizzi permitiu ao Benfica fazer o 3-1 por intermédio de Rúben Dias. O defesa central do Benfica saltou mais alto do que os adversários e atirou ao ângulo para dilatar a vantagem dos 'encarnados'.

O terceiro golo do Benfica desmoralizou por completo o Sporting e os lances de perigo junto à baliza de Renan Ribeiro iam-se sucedendo. Aos 56' minutos Rafa Silva assistiu Pizzi com o número 21 do Benfica a a atirar para bela defesa de Renan. A bola sobrou para Seferovic que ainda atirou para o fundo das redes, mas Artur Soares Dias invalidou o lance por fora-de-jogo do avançado helvético.

Aos 73' minutos, João Félix sofreu falta na área do Sporting e Artur Soares Dias assinalou grande penalidade. Chamado à conversão do castigo máximo, Pizzi atirou para defesa de Renan Ribeiro, mas a bola acabou por entrar na baliza na baliza do Sporting para o 4-1

Sempre com o 'pé no acelerador', a equipa do Benfica esteve perto de dilatar a vantagem no minuto seguinte, mas João Félix atirou por cima da baliza de Renan Ribeiro quando tinha praticamente a baliza aberta.

Depois de um domínio completo do Benfica, o Sporting conseguiu reagir à entrada do minuto 80, mas o golo de Diaby foi invalidado por por fora de jogo.

Aos 82' minutos, Bas Dost apareceu na cara de Vlachodimos e rematou com o guarda-redes grego a conseguir travar o remate por duas vezes. A bola ainda se encaminhou para a baliza, mas Rúben Dias salvou em cima da linha de golo. Por indicação do vídeo-árbitro, Artur Soares Dias assinalou grande penalidade e expulsão o guardião do Benfica depois de visualizar as imagens do lance.

Bruno Lage foi obrigado a lançar Svilar no jogo para defender a grande penalidade, mas Bas Dost não desperdiçou a ocasião e atirou para o 4-2 aos 89' minutos. Com poucos minutos para jogar, o Sporting foi atrás do prejuízo aproveitando a superioridade numérica, mas o resultado não sofreu alterações.

Com este resultado, o Benfica segurou o segundo lugar, com 47 pontos, a dois pontos do líder FC Porto, que joga hoje em casa do Vitória de Guimarães. Já o Sporting segue no quarto lugar, a 10 pontos do FC Porto, a oito do Benfica e a sete do Sporting de Braga.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.