O SC Braga venceu o Desportivo de Chaves por 1-0, em jogo de fecho da 8.ª jornada da I Liga. O único golo do jogo foi apontado por Pedro Santos, na transformação de uma grande penalidade. A vitória permite ao Braga igualar o Sporting no 3º lugar da tabela, com 17 pontos.

O guarda-redes Ricardo foi um dos grandes obstáculos do Braga e foi negando o golo dos minhotos com um conjunto de grandes defesas. Aos 13 minutos negou o golo a Ricardo Horta. Aos 41 repetiu a dose, travando um remate de Pedro Santos que levava selo de golo. E quando não estava Ricardo, era a barra quem travava o SC Braga, como aconteceu aos 39 minutos num remate de Vukcevic.

Apesar do domínio e de algumas situações de golo, o Braga evidenciava dificuldades no último reduto. A equipa parecia um pouco nervosa e nem sempre revelou a calma necessária na definição das jogadas.

O segundo tempo começou com mais uma bola no mesmo ferro mas agora na baliza defendida por Marafona. O lateral Paulinho bateu um livre que só não deu golo porque a barra não deixou. Não marcou o Chaves, marcou o Braga, aos 56. Após grande confusão na área flaviense, com remates sucessivos a serem travados por Ricardo e pelo corpo dos jogadores do Chaves, o último tiro pertenceu a Pedro Santos mas foi contra o cotovelo de Assis. Bruno Paixão marcou penálti que Pedro Santos converteu com sucesso.

Em vantagem, José Peseiro, treinador do SC Braga, aproveitou para refrescar a equipa, com as entradas de Alan e Wilson Eduardo para os lugares de Hassan e Ricardo Horta. Do outro lado, Jorge Simão apostou mais no ataque, fazendo entrar Vukcevic, William e Luís Alberto para os lugares de João Mário, Ponck e Patrão mas não conseguiu chegar ao tão desejado golo que desse, pelo menos, o empate.

A vitória permite ao SC Braga apanhar o Sporting no terceiro lugar. Ambas as equipas têm 17 pontos. Já o Desportivo de Chaves, que sofreu a segunda derrota na prova, continua com os mesmos 12 pontos, no 6.º lugar.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.