O Rio Ave está a vencer o Benfica por 1-0 no Estádio da Luz ao intervalo depois de uma primeira parte frenética do jogo inaugural da 21ª jornada.

Depois de um bom arranque de jogo do Benfica em termos de posse de bola, tendo espaço para trocas de bola entre os jogadores, o Rio Ave conseguiu inaugural o marcador aos 8' minutos depois de uma excelente jogada de Francisco Geraldes que culminou com o golo de cabeça de Guedes.

A equipa de Rui Vitória acusou o golo sofrido, e instantes depois do golo de Guedes, João Novais atirou uma 'bomba' ao poste da baliza de Varela colocando em sentido o Benfica.

A perder por 1-0, o Benfica sentiu algumas dificuldades para reagir à boa organização da equipa de Miguel Cardoso e nem os passes em profundidade de Zivkovic conseguiam chegar no 'timming' certo aos pés de Jonas.

Aos 21' minutos, Jonas apareceu na cara de Cássio e caiu no duelo com o guarda-redes, mas o árbitro Manuel Oliveira recorreu ao VAR para avaliar o lance, e entendeu que não havia grande penalidade.

Num lance individual, Salvio lesionou-se e Rui Vitória foi obrigado a uma substituição forçada com a entrada de Rafa no jogo.

Com a ansiedade a crescer nas bancadas, os adeptos do Benfica ainda mais apreensivos ficaram depois de Cássio evitar o golo do empate aos 38' minutos com uma grande defesa a remate de Jonas.

Até ao final, o Benfica rondou a baliza de Cássio com algum perigo, mas o Rio Ave manteve a vantagem.

Recorde as principais incidências da primeira parte do jogo entre Benfica e Rio Ave.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.