O Rio Ave recebeu e venceu na noite desta terça-feira o Sporting de Braga, por 4-3, em jogo a contar para a 29ª jornada do campeonato nacional. Taremi (bisou), Nuno Santos e Gelson Dala marcaram para os vilacondenses. Um 'bis' de Paulinho e um golo de Ricardo Horta reduziram para os arsenalistas.

O Rio Ave entrou com pé direito no encontro e teve a primeira oportunidade de golo logo aos nove minutos de jogo por Taremi. O iraniano fugiu à defesa bracarense, tirou Matheus da frente e atirou à baliza adversária, valeu o corte de David Carmo em cima da linha, a negar o golo dos vilacondenses.

Apesar da boa entrada vilacondense, os arsenalistas acabaram por pegar no jogo e mostrar a sua superioridade. Aos 21 minutos surgiu o primeiro golo. Na sequência de um cruzamento rasteiro de Galeno, Ricardo Horta não conseguiu o remate, mas a bola sobrou para a finalização de Paulinho que atirou de pé direito para o fundo da baliza de Kieszek.

Apenas seis minutos depois apareceu o segundo golo dos homens de Custódio Castro com Ricardo Horta a bater um livre favorável aos bracarenses. A bola saiu por cima da barreira e entrou junto ao ângulo. Kieszek bem voou, mas não conseguiu evitar o 2-0.

Quando os arsenalistas pensavam ter uma vantagem 'confortável'. Eis que o Rio Ave negou o conforto aos homens de Custódio Castro. Aos 34 minutos, depois de uma jogada rápida da equipa da casa, Nuno Santos meteu rasteiro para o coração da área onde apareceu Taremi a atirar à vontade e a reduzir para os vilacondenses.

No minuto seguinte, os vilacondenses conseguiram o empate com um grande golo de Nuno Santos, que apanhou a bola no ar, rematou de primeira e repôs a igualdade!

E aos 41 minutos surgiu a reviravolta no marcador. Taremi cruzou, a bola desviou em Bruno Viana e sobrou para Nuno Santos, este meteu atrasado para Dala que atirou de pé esquerdo para o fundo da baliza de Matheus. Nuno Almeida aguardou a confirmação do VAR e validou o 3-2.

Aos equipas recolheram ao intervalo com o Rio Ave na frente do marcador. No regresso ao relvado foram também os vilacondenses os primeiros a criar perigo. Aos 47 minutos, Gelson Dala livrou-se de David Carmo e obrigou o guarda-redes bracarense a uma defesa apertada.

Já aos 56 minutos, Trincão tenta o remate do meio da rua, mas a bola acabaria por sair ao lado da baliza do guarda-redes Kieszek.

Aos 81 minutos chegou o empate dos arsenalistas. Trincão libertou para Galeno, este levantou para a zona do segundo poste onde apareceu Paulinho a cabecear como mandam as regras. Estava feito o empate, mais uma vez, no Estádio dos Arcos.

Aos 92 minutos, Matheus defendeu um primeiro cabeceamento de Taremi, Leandro tentou a recarga e Rolando cortou com o braço. Num primeiro momento, Nuno Almeida assinalou grande penalidade. Chamado à marca dos 11 metros, Taremi devolveu a vantagem aos vilacondenses.

Com esta vitória, o Rio Ave sobe ao quinto lugar do campeonato, com 47 pontos, ultrapassando o Famalicão, enquanto o Sporting de Braga continua em quarto, com 50 pontos, a dois do Sporting, que pode aumentar a vantagem na luta pelo terceiro lugar.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.