Pedrinho diz não se sentir ofendido com as palavras de Jorge Jesus, que deixou alguns reparos à contratação do extremo brasileiro por parte do Benfica, ao dizer que ele nem era o melhor no Brasil a jogar na sua posição. O jovem jogador, contratado pelas 'águias' no mercado de inverno, explicou ao jornal 'Record' que Jesus não o conhece muito bem.

"Creio que ele [n.d.r. Jorge Jesus] não me conhece bem. Acabou de chegar ao futebol brasileiro e só me viu jogar numa posição em que me quis comparar com jogadores que têm características diferentes. Mas tenho a certeza que, com o tempo, ele vai poder mudar a sua opinião", garantiu o jovem jogador.

O extremo/avançado de 21 anos irá integrar o plantel do Benfica no início da próxima época. Apesar de ter custado 20 milhões de euros, o jogador sacode qualquer tipo de pressão que o seu preço possa vir a tempo no seu rendimento:

"Lido com a pressão desde que entrei no mundo do futebol. Sempre soube que não seria fácil. E independentemente dos números que se possam alcançar, o que eu quero é dar o meu melhor e jogar futebol. A pressão faz parte", lembrou, uma entrevista onde deixou rasgados elogios a Lionel Messi.

"O Messi é o meu ídolo, por ser canhoto, pela qualidade imensa. Vejo sempre os jogos dele. É um jogador incrível, extraordinário, e eu tento agarrar um pouco do que ele faz no futebol", atirou.

Pedrinho foi contratado pelo Benfica ao Corinthians por 20 milhões de euros.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.