Semana muito difícil para Costinha, treinador do Nacional. Na sequência da derrota com o Boavista, o técnico foi muito criticado pelos adeptos do emblema madeirense. Hoje, em conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Sporting, o técnico foi surpreendido pelos capitães de equipa, Diego Barcellos, Diogo Coelho e Felipe Lopes, que fizeram questão de mostrar que estão do lado do treinador.

"Nós, capitães de equipa, vimos aqui representar o grupo por um motivo: o mister. Vimos aqui mostrar total confiança no seu trabalho, estamos contigo. A equipa está focada no que é o desejo do clube e, por isso, viemos aqui. Esta semana o mister foi duramente criticado, até pediram a sua saída. O grupo está no mesmo barco. Se o mister está aqui, é porque tem a confiança da Direção e do balneário. Temos a confiança dele assim como ele confiou em nós a época toda. Achamos que é um momento importante para mostrar o apoio. Temos cinco finais e juntos vamos fazer de tudo para manter o clube na Liga", disse Digo Barcelos.

Um gesto que deixou Costinha emocionado.

"Não esperava, mas não me surpreende, tenho uma relação boa com eles. Mas temos de fazer pontos, ganhar, que sirva para uma boa resposta. Temos força, convicção e confiança - não é esperança, que isso é diferente - que podemos sair [dos lugares de descida]. Fico satisfeito que os jogadores", comentou.

Esta sexta-feira, o Sporting, terceiro classificado, com 64, defronta o Nacional, 16.º, com 27, no Estádio da Madeira, pelas 18:00, num encontro referente à ronda 30 do campeonato.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.