O brasileiro Naldo concedeu uma entrevista à edição brasileira do portal Goal e falou sobre a adaptação ao Sporting, clube pelo qual assinou no último defeso.

"O início foi bom porque já estou no meu terceiro ano de Europa, e é mais fácil a adaptação a Portugal por causa da língua. O sotaque é diferente, mas não tenho muitos problemas. A adaptação foi muito boa, muito rápida e consegui-me integrar bem na equipa. Também consegui assimilar bem o trabalho do Jorge Jesus. Já ganhámos a Supertaça, estamos a liderar o campeonato e graças a Deus tenho vindo a crescer crescendo cada vez mais durante os treinos e a demonstrar porque vim para o Sporting", disse o defesa brasileiro.

Instado a apontar o jogador que mais o surpreendeu pela positiva no Sporting, Naldo respondeu sem hesitação: "O Carrillo. Ele é um jogador diferente, com muita qualidade no passe, boa movimentação... é o jogador mais completo que temos e o mais difícil de parar [risos]. Inferniza as defesas adversárias. Mas há outros também. O Mané e o Gélson Martins, que são dois portugueses que são novos ainda e vão crescer muito, o próprio Matheus [Pereira]… Eles também me impressionam".

Naldo falou ainda sobre o tempo que passou no Getafe e sobre a experiência de defrontar jogadores como Cristiano Ronaldo e Lionel Messi.

"Foi difícil, viu… [risos] O primeiro jogo que eu fiz contra o Barcelona nós empatámos 0-0 e foi um jogo difícil, porque parar Messi, Suárez e companhia é muito complicado. Mas a minha equipa fechou-se bem e conseguimos arrancar um empate. Não há muito a fazer contra o Barcelona, que tem grandes jogadores e muita qualidade, e como éramos uma equipa inferior ao Barcelona, o empate foi como uma vitória para nós. Se tivesse perdido até por três era normal, imagina empatar…".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.