O treinador interino do Vitória de Setúbal, Meyong, manifestou-se hoje determinado a vencer o Rio Ave, em jogo da 11.ª jornada da I Liga de futebol, que deverá ser o terceiro e último no comando dos sadinos.

Em conferência de imprensa, o técnico, que, quando sucedeu a Sandro Mendes, tinha dito que iria ficar à frente da equipa "um ou dois jogos, no máximo", afirmou não ser uma surpresa estar ao leme dos vitorianos em Vila do Conde.

"Surpreendido não podia estar porque na nossa profissão temos de estar sempre preparados e atentos. A equipa e eu estamos preparados para ir a Vila do Conde tentar ganhar o jogo", disse, em conferência de imprensa.

Meyong revelou que o triunfo na jornada anterior, diante do Boavista (1-0), veio elevar os níveis de confiança da equipa, que espera ter o apoio de muitos adeptos no duelo com o Rio Ave.

"É sempre bom ganhar, porque, quando isso acontece, há sempre uma melhor disposição. Foi muito bom ganhar ao Boavista. Agora temos de levar esse moral para Vila do Conde e impor o nosso jogo frente a uma boa equipa, que gosta de jogar. Espero que seja um bom jogo. Desejamos todos que muitos adeptos estejam em Vila do Conde para apoiar a equipa e ajudar-nos a ganhar", referiu.

Frente ao Rio Ave, o Vitória de Setúbal vai procurar alcançar um triunfo inédito, num estádio onde o melhor que conseguiu fazer em jogos na I Liga foi empatar seis vezes, tendo perdido por 17 ocasiões, num total de 23 duelos.

"Não sabia dessa estatística. A última vez que fui lá jogar empatei [0-0, na temporada 2016/17]. Amanhã [sábado], será um jogo diferente. Vamos lá para disputar os três pontos", assegurou.

O duelo entre sadinos e vila-condenses marca o reencontro entre Meyong e o "amigo" Carlos Carvalhal, atual técnico do Rio Ave, que o treinou o ex-jogador camaronês no Vitória de Setúbal e no Belenenses.

"Fico feliz quando encontro um amigo. É um grande amigo, que foi meu treinador no Vitória e no Belenenses. Com ele como treinador fiz sempre grandes épocas. Em Setúbal fiz 21 golos e no Belenenses fui o melhor marcador do campeonato, também com ele. Tenho uma relação muito próxima com Carvalhal, mas amanhã [sábado] vamos ser rivais", frisou.

Meyong revelou que mantém contacto com Carlos Carvalhal, que lhe enviou uma mensagem após o jogo de estreia, no qual empatou 1-1 com o Santa Clara.

"No meu primeiro jogo até me mandou os parabéns. Mantemos o contacto, é uma pessoa de quem estou perto e falamos. Amanhã [sábado], também vou fazê-lo, mas depois do jogo", disse, entre sorrisos, o técnico interino da equipa de Setúbal.

Após cumprir um jogo de castigo na jornada anterior, o médio José Semedo regressa às opções do conjunto setubalense.

O Vitória de Setúbal, que ocupa a 11.ª posição na I Liga, com 12 pontos, e o Rio Ave, nono, com a mesma pontuação, defrontam-se no sábado, às 15:30, no Estádio do Rio Ave, em Vila do Conde.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.