O antigo treinador de guarda-redes do Anderlecht, Max de Jong, afirmou numa entrevista ao jornal "La Dernière Heure" que a mudança de Svilar para o Benfica não foi benéfica para o jovem guardião.

"Quando a 'entourage' dele fez exigências impossíveis, disse a Van Holsbeeck [na altura diretor desportivo do Anderlecht] para vendê-lo. Mas ele jogou assim tanto no Benfica? Teria jogado mais se tivesse ficado", disse Max de Jong.

Apesar da decisão do jovem guardião de 19 anos, Max de Jong teceu rasgados elogios a Svilar.

"Nunca vi um talento igual aos 17 anos. Era um 'kamikaze' na baliza. Não via perigo e não pensava. Saía a tudo. Era um anima nos treinos", disse o técnico.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.