O Marítimo deu hoje um passo importante na luta pela manutenção na I Liga de futebol, ao vencer ao Tondela, por 2-0, no quarto triunfo caseiro seguido, em encontro da 31.ª jornada.

Os golos de Edgar Costa (33 minutos), o terceiro do capitão dos 'verde rubros' nos últimos quatro jogos em que participou, e de Correa (83) fazem com que a equipa de Petit some 36 pontos, os mesmos que Desportivo das Aves e Portimonense, ocupando o 12.º lugar.

O conjunto insular passa a ter mais cinco pontos do que o 15.º Tondela, que leva nove jogos seguidos sem vencer fora de portas e viu o Desportivo de Chaves igualar a sua marca de 31 pontos.

Numa partida discutida, mas não muito bem jogada, a primeira ocasião de golo surgiu apenas aos 19 minutos, num remate de Joel por cima, respondendo Tomané, aos 21, ao cabecear para intervenção de Charles.

Mesmo com pouca qualidade e oportunidades, o marcador acabou por ser inaugurado à passagem do minuto 33, através de Edgar Costa, com um remate de primeira que ainda desviou em David Bruno, na sequência de um lançamento lateral de Correa que teve um corte incompleto de Jorge Fernandes.

Antes do intervalo, a dupla David Bruno-Tomané voltou a criar perigo à baliza insular, aos 40 minutos, e Getterson, aos 42, tentou um 'chapéu' a Cláudio Ramos, mas ambas as tentativas saíram por cima do alvo.

O Tondela entrou bem na segunda parte e esteve por duas vezes perto do empate, primeiro por Ícaro Silva, aos 48 minutos, ao cabecear ao lado, e ainda pelo recém-entrado Sergio Peña, com um livre direto que Charles defendeu, aos 63.

A resposta do Marítimo surgiu apenas pouco depois, ao minuto 77, mas com enorme perigo, em que, num lance de insistência, Ícaro Silva, ao tentar aliviar, acertou na barra da própria baliza antes de Joel atirar ao poste.

O segundo golo dos madeirenses acabaria por surgir aos 83 minutos, graças a uma jogada individual do argentino Correa, que avançou no meio de quatro adversários, antes de concluir com um remate de pé esquerdo, com nota para a recuperação de bola e assistência de Vukovic.

A vantagem podia ter ficado ainda mais dilatada no último minuto de jogo, já que Fabrício chegou a apontar o terceiro golo, mas o lance foi invalidado por posição irregular de Joel.

Com este resultado, o Marítimo subiu ao 12.º lugar, com 36 pontos enquanto que o Tondela permanece na 15.ª posição, a primeira acima da zona de despromoção, com 31 pontos, tal como o Desportivo de Chaves, 16.º.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.