Declarações de Marcel Keizer, sobre a vitória do Sporting frente ao Desportivo de Chaves.

Análise ao jogo: "Na primeira parte controlámos o jogo, gostei da equipa quando jogou simples e rápido. Às vezes tornamos tudo muito complicado. Fazemos escolhas difíceis. Depois do vermelho não estivemos focados e não matámos o jogo. Sofremos. Jovane entrou muito bem, o Bruno Gaspar e o Doumbia também, mudámos o jogo e com passes simples marcámos dois golos. Colocámo-nos dificuldades desnecessárias"

Vitória dá motivação para a Taça? "Precisávamos de ganhar aqui, portanto todos os jogos motivam. Sabemos que está 2-1 e há um jogo todo para jogar. Temos de recuperar"

Bis de Luiz Phellype: "Foi importante para ele e para a equipa. A equipa não são 11, são 25 jogadores. Fez um golo a meio da semana contra os sub 23. É uma exibição de equipa"

Influência de Bruno Fernandes: "O Bruno teve duas semanas para recuperar de uma lesão menor. Quando não tens dois ou três golos de diferença, não podes fazer substituições"

O Sporting ascendeu ao terceiro lugar da I Liga portuguesa de futebol, ultrapassando o Sporting de Braga, ao vencer por 2-1 no reduto do Desportivo de Chaves, em encontro da 27.ª jornada. Luiz Phellype, aos 24 e 90+11 minutos, e Bruno Fernandes, aos 80, passando a contar 14 golos na prova, ‘materializaram’ o triunfo dos ‘leões’, enquanto André Luís marcou para os locais, aos 60, num jogo em que ambas as equipas terminaram com 10.

Na classificação, o Sporting passou a contar 58 pontos, os mesmos do Sporting de Braga, que perdeu por 3-2 na receção ao FC Porto.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.