O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, falou com os jornalistas à margem cerimónia de assinatura da criação da Associação Internacional de Museus Desportivos. Entre os temas abordados estiveram a renovação de Jonas, os bilhetes cedidos pelo Sporting de Braga para o confronto de domingo, as nomeações de árbitros, e o comunicado dos Super Dragões sobre José Fontelas Gomes.

Europa: "A única coisa que posso dizer é que quando anunciei a mudança de paradigma, o Benfica está a consolidar esse objetivo. Não vamos abdicar disso. Acredito que o Benfica só poderá aspirar a um título europeu com uma equipa com identidade própria, à Benfica, e com jogadores saídos do Caixa Futebol Campus. É um princípio do qual não vou abdicar. Se não, vão ter de encontrar outro líder."

Jonas: "Tem mais um ano de contrato, está muito feliz no Benfica e vai continuar feliz no Benfica. Está encantado – qualquer jogador nosso está – com o treinador. Não percebo as especulações à volta do Jonas. Garanto a todos os benfiquistas que está super satisfeito, basta ver como vibrou ontem no quarto golo. É esta união que pretendemos."

Jogo do título em Braga: "O próximo jogo vai ser o mais difícil, é o que digo sempre. Não há espaço para perder a corrida, o jogo do Sporting Braga vai ser o mais difícil. É uma final, respeitamos o Braga que tem um percurso de afirmação nos últimos anos. Vamos lutar pela vitória."

Benfica recebeu 1.500 bilhetes: "Não tenho de ficar satisfeito ou insatisfeito, o Sporting de Braga faz o que entender, a casa é deles. O apoio dos benfiquistas vai existir dentro do campo mas às vezes até fora do campo sabermos transmitir apoio aos jogadores. Os benfiquistas têm de entender duas coisas importantes: estamos a formar uma grande equipa para o futuro, que vai ter um ciclo vitorioso; tudo vamos fazer para preservar os atletas dentro desta casa. Entendam que o que está em causa é o Benfica. O caminho que traçámos é o caminho do sucesso desportivo e financeiro. Qualquer benfiquista tem de estar feliz ao olhar para a equipa. Do passado que tinham, do constante vai e vem de jogadores, e ter hoje o que têm, temos de ter uma imensa felicidade. Com o treinador que temos hoje, com a identidade que tem do Benfica e com os jogadores que temos, devemos estar muito felizes."

Nomeações dos árbitros vão ser públicas: "Mais vale assim, com tanta especulação. Não podemos falar de arbitragem neste momento porque se os jogadores, nossos e do Sporting de Braga, têm um jogo difícil, também o árbitro vai ter. Vamos pensar que as três equipas vão estar à altura desse desafio e que no final a melhor equipa seja a do Benfica."

Comunicado dos Super Dragões: "Toda a gente sabe que o Benfica não está nisso. Um dia mais tarde vamos esclarecer todas as histórias dos últimos dois anos. O Benfica foi um pretexto para condicionar muita gente nos últimos anos, mas os juristas é que têm de falar sobre isso, não eu."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.