O treinador José Gomes admitiu que o acordo para ser treinador do Marítimo “pode ficar resolvido ainda hoje”, considerando que orientar o atual 14.º classificado da I Liga portuguesa de futebol “seria uma excelente opção”.

"Ainda não está resolvido, mas pode ficar resolvido ainda hoje. (...) O Marítimo é um clube com grande palmarés e tem aspirações às competições europeias. Seria uma excelente opção", admitiu o possível sucessor de Nuno Manta Santos no comando técnico dos madeirenses.

As declarações do treinador, à margem do World Scouting Congress, no Porto, surgem no mesmo dia em que o presidente do Marítimo, Carlos Pereira, confirmou à EFE que José Gomes é o técnico escolhido, remetendo para quinta-feira os detalhes da contratação.

O treinador, de 49 anos, conta no currículo com a passagem pelo Rio Ave, na época 2018/19, e também pelo futebol internacional, nomeadamente, no Reading, clube da segunda divisão inglesa, no qual conseguiu garantir a permanência na última temporada.

José Gomes também já treinou os sauditas do Al-Taawon e do Al-Ahli Jeddah, os húngaros do Videoton, além de Moreirense, Desportivo das Aves, Leixões e União de Leiria.

O técnico foi ainda campeão nacional pelo FC Porto, em dois anos consecutivos, como adjunto de Jesualdo Ferreira.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.