"Já perdi um campeonato a dez segundos do fim, nunca vou esquecer na vida", salientou Jorge Jesus, em entrevista ao jornal A Bola, recordando o momento em que Kelvin marcou um golo nos descontos do segundo tempo, no clássico com o Benfica, remate certeiro que ajoelhou Jesus do estádio do Dragão e recolocou o FC Porto na rota de um título que parecia perdido para o rival.

O então treinador do Benfica diz não esquecer esse momento: "Ainda não consegui digerir o golo no Dragão aos 92 minutos. Éramos praticamente campeões. Ainda não consegui digerir o golo".

"Ainda hoje me recordo de todos os toques que o adversário deu na bola. Como é possível ter acontecido?", questionou.

Na mesma entrevista, Jorge Jesus assinalou que o ataque à Academia Alcochete e a derrota na Taça de Portugal, diante do Desportivo das Aves, ficam guardados na sua memória por maus motivos.

"Com todo o respeito pelo Aves, em dez não ganhavam uma, se as coisas fossem normais. Perder aquela final custou-me muito", atirou o técnico.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.