Jorge Jesus era um treinador satisfeito depois da vitória sobre o Tondela. O técnico do Sporting revelou que a equipa se mostrou à altura, mesmo depois do cansaço das competições europeias.

"O objetivo principal era a vitória. Depois de competições europeias, todas as equipas vêm cansadas. O Sporting, em termos criativos, não foi aquilo que é mas mostrou-se com garra e com coração. As coisas não estavam fáceis, o Tondela criou dificuldades e só ganhamos com golos de grande distância. Mas depois do 2-0, a equipa teve o melhor período, nos últimos 15 minutos. A equipa do Tondela dificultou-nos nas questões ofensivas mas também em termos ofensivos pouco ou nada criou. Foi importante também não sofrer golos, mas o mais importante é ganhar. Se pudermos ganhar e não sofrer golos, melhor. Portanto, dou os parabéns aos jogadores do Sporting e aos adeptos", referiu o técnico, que também falou de Cristiano Ronaldo, que esteve presente nas bancadas de Alvalade.

"Ele [Cristiano Ronaldo] tenho a certeza que ficou, que é um sportinguista desde pequenino, foi criado aqui. Temos seis vitórias consecutivas, mas ainda estamos na sexta jornada. Estamos bem, estamos a tentar ultrapassar outras coisas. Como nos adeptos, queremos subir dos 40 mil para os 50 mil, para termos mais adeptos e apoiar para o objetivo que todos querem, que é o Sporting ser campeão", afirmou.

Quando questionado sobre o Benfica ter perdido pontos, Jesus acredita que o Sporting tem é de pensar em si.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.