Jonas terminou a carreira de futebolista na passada quarta-feira e quem com ele se cruzou quer nos relvados, quer fora deles só tem palavras elogiosas para lhe dirigir.

Jorge Jesus foi o primeiro treinador do agora ex-jogador no Benfica e classificou-o como "um jogador exemplar, profissionalmente e tecnicamente".

"Amigo Jonas foste um dos grandes jogadores com o quem trabalhei. Tenho um grande orgulho por ter tido um jogador exemplar como tu, profissionalmente e tecnicamente. Espero que tenhas tido uma homenagem tão bonita como a carreira que tiveste estes anos todos. Toda a sorte do Mundo e até sempre", disse o treinador do Flamengo, numa mensagem transmitida na BTV.

Para Jonas, com amor. Jogadores do Benfica despedem-se do 'Pistolas' nas redes sociais
Para Jonas, com amor. Jogadores do Benfica despedem-se do 'Pistolas' nas redes sociais
Ver artigo

Confrontado com estas palavras, o brasileiro retribuiu: "É um treinador demais, é especial na forma de lidar com os jogadores, na exigência que tem, é um perfecionista. E eu disse-lhe que todos os bons resultados que tive no primeiro ano do Benfica (31 golos em 35 jogos) foi graças ao mister Jesus"

"Colocou-me a jogar um futebol que nem eu imaginava ser possível. É muito bom treinador. Estás entre os três melhores, é especial. Trabalhei um ano com ele e é muito exigente, perfeccionista. Sou muito grato a Jesus", acrescentou.

VÍDEOS: Recorde todos os golos de Jonas na I Liga ao serviço do Benfica
VÍDEOS: Recorde todos os golos de Jonas na I Liga ao serviço do Benfica
Ver artigo

Apesar de admitir que tem uma relação especial com Jorge Jesus, Jonas também abordou o momento de maior tensão na final da Supertaça que marcou a estreia de Jorge Jesus no comando técnico do Sporting.

Foi um episódio menos bom que aconteceu, mas acabou por fortalecer ainda mais a amizade. Falamos muito e tenho uma relação muito boa com o Jorge Jesus. Ele já me convidou inclusive a ir visitá-lo ao Flamengo", atirou.

Rui Vitória fala de um profissional de excelência

Rui Vitória, agora no Al-Hilal, foi o treinador que durante mais tempo orientou Jonas no Benfica. Convidado a descrever o brasileiro, o técnico português fala de um "profissional de excelência".

Benfica deixa agradecimento a Jonas e promessa para o futuro: "Celebrar o passado não impede a projeção do futuro"
Benfica deixa agradecimento a Jonas e promessa para o futuro: "Celebrar o passado não impede a projeção do futuro"
Ver artigo

"Foi um prazer enorme ter trabalhado com Jonas, um profissional de excelência e um exemplo para todos. Na vida de futebolista faz parte passar por fases menos positivas mas há que acreditar sempre no valor que se tem, nunca desfocar e ter capacidade de ser resiliente. Jonas atingiu uma marca difícil de atingir, quer no Benfica quer no futebol português. Deve ter a noção de missão cumprida, sai com a ficha limpa e em grande, num grande clube e perante um grande público", começou por dizer Vitória numa mensagem em vídeo.

"Muitos parabéns pela carreira linda e por sair neste grande clube. Felicidades onde quer que esteja, terá sempre aqui um grande admirador", sublinhou.

Como não podia deixar de ser, Jonas agradeceu estas palavras de Rui Vitória por quem tem "carinho e respeito".

Passei com ele anos fantásticos, de muitas conquistas. Aprendi a gestão de grupo e de pessoas, ele expressava-se muito bem. Tenho carinho e respeito por ele e por toda a sua equipa técnica. Conquistámos muitos títulos e ajudou-me muito", vincou.

Jonas conta tudo: a lesão nas costas, a promessa de Lage, o carinho de Vieira e o último jogo na Luz
Jonas conta tudo: a lesão nas costas, a promessa de Lage, o carinho de Vieira e o último jogo na Luz
Ver artigo

Rui Costa, atual administrador da SAD dos encarnados, também deixou um tributo ao ex-avançado brasileiro.

"Obrigado por tantos momentos de magia que nos ofereceste, foi uma delícia ter-te connosco e um privilégio para nós ter um jogador da tua craveira no nosso clube. Não fomos só nós que chorámos o dia 10, todos os amantes do futebol choraram. És daqueles jogadores que nunca devias acabar a carreira nunca. Desejo-te os maiores sucessos na tua carreira e já sabes que vai ser sempre um de nós", atirou o ex-internacional português, que viu os seus elogios serem-lhe retribuídos.

"Já sentia grande admiração pelo Rui Costa enquanto jogador, mas acabei por aprender muito com ele. Ajudou-me muito, deu-me bons conselhos e dava muita confiança. Era por isso que dentro de campo procurava sempre responder aos incentivos que recebia dele", sublinhou Jonas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.