Rubilio Castillo, jogador hondurenho que pertence aos quadros do Tondela, foi detido segunda-feira no seu país natal, acusado de violência doméstica, depois de uma queixa anónima.

"Através de uma chamada anónima, a polícia foi notificada que, em Santa Cruz, uma cidadã era vítima de maus tratos. A polícia deslocou-se ao local e confirmou a denúncia" pode ler-se num comunicado divulgado pelo 'La Prensa', jornal daquele país.

O avançado, que se encontra cedido pelo Tondela ao Motágua, clube das Honduras, já reagiu nas redes sociais, pedindo desculpa e garantido que tudo se irá esclarecer. "A nossa família está a passar um momento delicado e esperamos que tudo se resolva. Peço prudência e que não me julguem, porque tudo tem explicação. Peço desculpa por este mal-entendido, porque não somos o tipo de família ligada a casos destes", sublinhou.

Castillo foi contratado esta temporada pelo Tondela. Contudo, disputou apenas três partidas pelo atual 14.º classificado da I Liga portuguesa, sendo entretanto cedido ao Motágua, por quem leva dos jogos disputados.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.