Moussa Marega marcou no triunfo frente ao Schalke (3-1) e igualou Mário Jardel, que foi o último avançado portista a marcar em quatro jogos consecutivos da Liga dos Campeões. O antigo goleador assistiu 'in loco' ao jogo no Dragão e desejou que o maliano chegue mais longe na prova.

"Nas quatro épocas em que estive aqui marquei quase 200 golos. Espero que Marega possa continuar assim para ser o melhor marcador da Liga dos Campeões, como eu consegui ser, com 10 golos", afirmou Jardel.

"Espero que o Marega também faça história. É importante para a equipa ter um homem que se destaca na frente", acrescentou o antigo goleador brasileiro.

Jardel elogiou ainda o "excelente" trabalho de Sérgio Conceição no FC Porto. "Preparou-se e entrou no momento certo, por escolha de outros campeões, como Pinto da Costa, Reinaldo Teles e o bibota Fernando Gomes, que estiveram por trás desta solução. O FC Porto está muito bem servido de treinador e pode entrar mais uma vez para a história do futebol português e mundial", vaticinou Jardel, que também reservou elogios para os defesas brasileiros dos 'dragões'.

"Durante o jogo estive na tribuna a comentar com o Vítor Baía, o Fernando Gomes e o João Pinto e disse: 'Militão? Não vai demorar para aparecer propostas por ele.' Gosto do Telles também. No final, fui ao balneário... O Telles chegou para mim e disse: "Jardel, que saudades... Queria jogar no teu tempo e usar a tua cabeça", contou, bem-disposto.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.