O Tondela assegurou hoje a permanência na I Liga de futebol, ao golear o Desportivo de Chaves, e, nas celebrações, os adeptos invadiram o terreno de jogo e os jogadores a sala de imprensa durante as declarações de Pepa.

A autêntica ‘final’ pela manutenção da 34.ª e última jornada de futebol ficou marcada por casa cheia no Estádio João Cardoso, em Tondela, que vibrou desde o início com a equipa tondelense, que chegou à vantagem logo aos quatro minutos.

A formação de Tondela deu contornos de goleada ao encontro ao chegar aos 4-0 na primeira meia hora e, apesar da reação dos transmontanos, que reduziram para 4-2, levou o público ao rubro com o segundo golo de Jhon Murillo, aos 77 minutos.

Daí para a frente, os adeptos não mais se calaram e os quatro minutos de compensação já foram assistidos em pé.

Logo após o apito final, os adeptos invadiram o terreno de jogo, para saudar os jogadores em pleno relvado, onde não faltaram banhos dos mais variados líquidos.

Água e champanhe também não faltaram na sala de imprensa quando os jogadores do Tondela invadiram o espaço para tomarem de ‘assalto’ o treinador Pepa, que falava há menos de três minutos, provocando um banho geral no espaço.

“O Tondela é da primeira” era o cântico entoado pelo plantel tondelense, levando Pepa a reconhecer que “lá conseguiram sacar um sorriso”, apesar de assegurar ser de “sorriso fácil”.

No principal escalão desde 2015/16, o Tondela assegurou a quinta presença na I Liga, com o 15.º lugar final, novamente a primeira posição acima da zona de despromoção depois dos 16.ºs em 2015/16 e 2016/17.

A exceção tinha sido na época passada, quando terminou o campeonato no 11.º posto.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.