O líder FC Porto e o campeão Benfica partem separados por um ponto para as últimas 10 jornadas da edição 2019/20 da I Liga portuguesa de futebol, que vai ser retomada na quarta-feira, com jogos à porta fechada.

‘Dragões’ e ‘águias’ disputam, cada qual, cinco jogos em casa e outros tantos fora e partilham seis adversários, deslocando-se aos redutos de Famalicão e Desportivo das Aves e recebendo Sporting e Boavista.

Este artigo pertence ao Especial Regresso da I Liga. Veja mais artigos

Os dois primeiros colocados da prova também medem ambos forças, em terrenos contrários, com Tondela e Marítimo, sendo que o FC Porto viaja ao João Cardoso e o Benfica ao Funchal.

Quanto aos restantes quatro oponentes, o ‘onze’ de Sérgio Conceição recebe Belenenses SAD e Moreirense e joga em Paços de Ferreira e Braga, enquanto o conjunto de Bruno Lage é anfitrião de Santa Clara e Vitória de Guimarães e desloca-se aos redutos de Portimonense e Rio Ave.

Quanto à luta pelo acesso à Liga Europa 2020/21, Sporting de Braga, terceiro, Sporting, quarto, e Rio Ave, quinto, são os clubes que estão nos lugares ‘premiados’, com Vitória de Guimarães, sexto, e Famalicão, sétimo, por perto.

Os ‘arsenalistas’, com nove vitórias e um empate nos últimos 10 jogos, têm mais quatro pontos (46 contra 42) do que os ‘leões’, que apresentam um calendário teoricamente mais exigente, com viagens aos redutos de Vitória de Guimarães, FC Porto e Benfica.

Os dois clubes estão muito perto do apuramento europeu, pelo que a quinta e última vaga será, tudo indica, disputada entre Rio Ave (38 pontos) e Vitória de Guimarães e Famalicão (ambos com 37), já que Moreirense (oitavo, com 30) está longe ‘demais’.

Os três clubes já não jogam entre si e o Famalicão tem o calendário teoricamente mais complicado, pois recebe FC Porto, Benfica e Sporting de Braga.

No que respeita à luta pela manutenção, o Portimonense (17.º e penúltimo, com 16 pontos) e o Desportivo das Aves (18.º e último, com 13) já estão longe do Paços de Ferreira (16.º, com 22) e em situação muito complicada para se segurarem na I Liga.

O conjunto da Capital do Móvel tem a desvantagem de ter seis jogos fora, mas ainda recebe o Portimonense, na penúltima ronda, enquanto os avenses perderam, durante a paragem do COVID-19, dois jogadores importantes, como Beunardeau e Welinton.

A I Liga 2019/20, que estava interrompida desde 09 de março, vai ser retomada na quarta-feira e prolonga-se até 16 de julho, com as últimas jornadas a serem disputadas em 16 estádios diferentes, incluindo a estreante Cidade do Futebol.

Veja mais artigos do Especial Regresso da Primeira Liga

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.