A edição deste ano da Primeira Liga está a ser muito produtiva para os goleadores portugueses. Numa lista liderada por Jonas, com 31 golos, há dois jogadores lusos entre os dez melhores marcadores do campeonato.

A lista de melhores marcadores é na sua maioria constituída por jogadores estrangeiros, mas Ricardo Horta e Paulinho conseguem destacar-se no meio de atletas que não nasceram em Portugal. Os dois jogadores marcaram 20 dos 62 golos do SC Braga neste campeonato.

O extremo de 23 anos cumpre a segunda temporada ao serviço dos bracarenses. Depois de uma primeira época emprestado pelos espanhóis do Málaga, na qual marcou nove golos em todas as competições, Ricardo Horta vinculou-se em definitivo ao Sporting de Braga por cinco temporadas.

O internacional português – jogou num encontro de qualificação para o Europeu 2016 – está a realizar este ano a melhor época da carreira enquanto sénior. Ricardo Horta conta com 10 golos marcados na Liga e um na Liga Europa, liderando a lista de melhores marcadores dos bracarenses no campeonato.

Quem também está a impressionar é outro guerreiro. Paulinho chegou este ano à Primeira Liga depois de vários anos em divisões inferiores e pegou de estaca na equipa de Abel Ferreira. O avançado de 25 anos leva também 10 golos na Liga e está a apenas nove de quebrar o seu melhor registo, alcançado no ano passado ao serviço do Gil Vicente

O Rio Ave também conta nas suas fileiras com dois dos maiores marcadores portugueses no campeonato. Guedes e João Novais estão a assinar as melhores temporadas das respectivas carreiras em termos de golos.

O avançado de 30 anos é um dos jogadores que está de pedra e cal no onze de Miguel Cardoso e só uma lesão ou suspensão o pode tirar dos 11 escolhidos. Conta com nove tiros certeiros na Primeira Liga e dois na Taça de Portugal.

Já o médio de 24 anos, filho do antigo jogador Abílio Novais, estreou-se esta temporada ao serviço do Rio Ave. Vestiu a camisola dos vilacondenses pela primeira vez num jogo frente ao Sporting e não mais largou o lugar no onze inicial.

João Novais é, certamente, uma das figuras do campeonato, sendo o médio mais goleador do campeonato português, a par de Bruno Fernandes, com oito golos apontados. Novais apontou ainda mais um golo na Taça de Portugal e dois na Taça da Liga.

João Amaral e Bruno Fernandes são os senhores que se seguem nesta lista de melhores marcadores de nacionalidade portuguesa.

O médio do Vitória de Setúbal de 26 anos leva oito golos marcados no campeonato, sendo esta a sua melhor temporada enquanto sénior. Já Bruno Fernandes tem encantado os relvados portugueses não só com os remates de longa distância, mas também com a qualidade com que troca a bola. Chegou esta temporada a Alvalade e conta também com 13 tiros certeiros em todas as competições, oito deles no campeonato.

A fechar esta lista de oito melhores marcadores portugueses na Primeira Liga estão Ricardo Valente, do Marítimo, e Gelson Martins, ambos com sete golos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.