Gaitán concedeu uma entrevista ao jornal desportivo 'A Bola' em que admite que gostaria de voltar ao Benfica e deixa rasgados elogios a Jorge Jesus.

"Claro que gostaria, fui muito feliz no Benfica, senti-me muito confortável no clube. Mas também percebo que no futebol muitas vezes não é fácil fazer as coisas acontecer. É preciso ter muitas coisas em consideração. E se o treinador gosta de ti ou se tens lugar na equipa", começou por dizer.

Quanto à saída do clube da Luz, Gaitán revelou que foi muito difícil. "Foi difícil, muito, muito difícil. Mas pensava que já tinha passado seis anos no Benfica e que seria um desafio para mim ir jogar para Espanha. Era um clube também interessante [Atlético de Madrid] e que estava muito bem, tinha chegado à final da Champions, era interessante para mim. E Diego Simeone falou comigo, queria que eu fosse para o Atlético, só que as coisas não correram como eu gostaria", lamentou.

Questionado sobre o bom momento de Jorge Jesus, seu antigo treinador, o argentino salientou que este foi o melhor treinador que alguma vez teve.

"Sim, tive muitos treinadores, mas para mim Jesus foi o melhor. Foi com ele que mais aprendi, porque tem a forma de jogar que eu aprecio, todas as suas equipas jogam alguma coisa e é bonito vê-las jogar. Seja qual for a equipa", disse.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.