Frederico Varandas falou aos jornalistas à saída da reunião com o Governo para abordar a violência no desporto.

"Foi uma reunião produtiva e quero acreditar que novos tempos virão, com mais eficácia, com a erradicação de comportamentos lamentáveis que afetam o desporto e a sociedade portuguesa", disse o dirigente leonino.

Varandas considerou que o encontro foi positivo e frisou a necessidade de se aplicar a lei. "Foi uma reunião boa. Falámos do que se tem de mudar. Existe uma lei em vigor desde setembro, uma autoridade de prevenção, mas a lei tem de ser aplicada. Há que agir. Não podemos parar e o Sporting quer ser um aliado esta luta contra este flagelo e este tipo de pessoas. O Sporting vai estar sempre do lado do desporto", garantiu.

O presidente leonino apelidou de 'escumalha' aqueles que, com atos violentos, afetam o fenómeno desportivo. "Não podemos pactuar com escumalha que faz incitação à violência, com escumalha que imita sons de um very light para lembrar um homicídio ou que atira tochas para o relvado. Esta escumalha não pode ter espaço no desporto português", frisou Frederico Varandas.

Frederico Varandas relembrou que apesar de anteriormente não existirem leis, que atualmente já são uma realidade, não deixará de exigir mais rapidez nas penas porque "estas pessoas afastam e são um 'cancro' no futebol português".

O presidente 'leonino' considerou ainda que o estado português está com o clube e espera que o Sporting não fique sozinho na luta, afirmando que as rivalidades devem de ser colocadas de lado porque "há coisas superiores a isso".

Uma das sugestões deixadas pelo líder do Sporting é que as penas passem a ser individuais, deixando que sejam os clubes os responsáveis pelos atos violentos dos adeptos.

"Não podem ser os clubes a pagar estas multas, existem grupos que têm estes comportamentos e os clubes é que pagam. A punição tem de ser individual. O Sporting tem essa capacidade [de identificar individualmente os adeptos], o Benfica tem, o FC Porto tem. Temos de atuar", disse.

No final das declarações ao jornalistas, após a reunião com os secretários de estado, Frederico Varandas deixou ainda a garantia que Alvalade, será no próximo ano, um lugar para as familias e para aqueles que apoiam verdadeiramente o Sporting.

"Estou a dar uma garantia aqui às famílias: Alvalade será um sitio confortável para as familias e serão bem-vindos todos os grupos que apoiem genuinamente o Sporting", concluiu.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.