O diretor de comunicação do FC Porto respondeu às acusações do Benfica sobre o alegado autor do roubo de correspondência eletrónica das 'águias' e afirmou que"o hacker, seja ele quem for, é que ajudou a destruir os esquemas do crime organizado. Agora choram todos os dias, já estão acusados de corrupção e ainda há tantas investigações em curso... Catedráticos no crime ressabiados por lhe terem descoberto a careca".

A resposta de Francisco J. Marques surge no seguimento de uma publicação feita na conta de Twitter do Benfica destinada à comunicação social: "aproxima-se a descoberta do circuito do dinheiro e quem pagou ao hacker que roubou o Benfica. Todos sabemos quem exibiu o produto desse roubo em que a célebre reunião do Altis foi a face visível do crime organizado".

Já esta quinta-feira, o vice-presidente do Benfica, Varandas Fernandes, apontou o dedo ao diretor de comunicação do FC Porto e à antiga direção do Sporting, sublinhando que ninguém divulgaria essa informação a troco de nada.

"Foi o diretor de comunicação do FC Porto que exibiu o produto desse roubo. Essa informação roubada foi divulgada em blogs afetos ao Sporting Clube de Portugal com a convivência da antiga direção. Ninguém acredita que o hacker ia divulgar essa informação a troco de nada", disse em conferência de imprensa no estádio da Luz.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.