O FC Porto venceu esta sexta-feira o Tondela, no Estádio João Cardoso, por 1-0, em jogo da 23º jornada do campeonato nacional. Pepe inaugurou o marcador para os 'dragões' logo aos 11 minutos de jogo e no regresso do intervalo Óliver Torres fez o segundo. Herrera fechou o marcador aos 74 minutos.

Foi um bom arranque de jogo para o FC Porto que permanecia no meio-campo do Tondela e pressionava o adversário. Aos 11 minutos de jogo, o domínio dos 'dragões' ganhou forma e Pepe fez o primeiro golo no jogo para o líder do campeonato e o primeiro para a conta pessoal neste regresso à equipa portista. Num livre batido por Óliver, a bola ressaltou em Delgado, Herrera não conseguiu dominar mas a bola sobrou para Pepe que rematou à meia-volta para o fundo das redes.

A primeira meia hora do jogo foi totalmente controlada pela equipa de Sérgio Conceição, enquanto os homens de Pepa mostravam não ter 'pés' para fazer frente à defesa 'azul e branca'.

Aos 34 minutos, Tomané aproveitou um erro de Manafá, contornou Felipe e atirou à baliza, mas o guardião espanhol defendeu. O Tondela esteve perto de empatar a partida, mas Iker Casillas recusou uma possível comemoração da equipa da casa.

O Tondela reagiu bem ao golo de Pepe, conseguiu subir as linhas de pressão e começou a dar mais dores de cabeça à equipa do FC Porto.

A primeira parte de jogo mostrou um FC Porto forte e com um bom controlo da bola. Já o Tondela começou tímido, mas com o aproximar do intervalo cresceu no jogo e foi ganhando confiança.

Tal como aconteceu na primeira parte, também na segunda parte o FC Porto entrou em grande e marcou cedo, aos 52 minutos, por Óliver Torres - que fez o primeiro golo na presente temporada. No remate fortíssimo do médio espanhol de fora da área, a bola embateu no poste e entrou dentro da baliza de Cláudio Ramos. O guarda-redes tondelense ainda adivinhou o lado, mas não conseguiu evitar o 2-0.

O segundo golo deixou o FC Porto ainda mais confortável no jogo, enquanto o Tondela baixava o nível e acusava a desvantagem.

Aos 74 minutos de jogo, os 'dragões' voltaram a aumentar a vantagem sobre o Tondela. Joãozinho desviou de cabeça um cruzamento de Otávio, Cláudio Ramos não chegou e a bola sobrou para Brahimi. O argelino, que tinha acabado de entrar para o lugar de Fernando Andrade, meteu atrasado para Herrera que só teve de encostar para o fundo da baliza.

Depois do terceiro golo dos 'dragões' o ritmo de jogo baixou considerávelmente. O FC Porto mantinha a boa forma e pressionava o Tondela, que perdia confiança e ia 'desistindo' do encontro.

Com este resultado, os 'dragões' mantêm o primeiro lugar com 57 pontos, mais quatro do que os 'encarnados', segundos classificados, que jogam na segunda-feira frente ao Desportivo de Chaves, no Estádio da Luz. Já o Tondela permanece no 13º lugar, mas dependente dos restantes jogos da jornada.

Veja o resumo do jogo em vídeo

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.