Os jornais O JOGO e Record escrevem nas edições online que o árbitro Fábio Veríssimo, que dirige este sábado o jogo do Portimonense-FC Porto, queixou-se a um delegado da Liga de Clubes presentes no estádio Municipal de Portimão.

A razão desta queixa foi um desenho do símbolo do clube algarvio no relvado. O juiz de Leiria alegou que o mesmo contrariava os regulamentos do organismo que tutela o futebol profissional.

Fábio Veríssimo mostrou-se muito desagradado com o estado do relvado, alegando que o corte artístico poderia afetar o trabalho da equipa de arbitragem. O delegado da Liga informou o árbitro que nada poderia fazer em relação ao corte do relvado.

Recorde-se que na temporada passada o Portimonense já foi multado pelo Conselho de Disciplina da FPF devido a um corte artístico do seu relvado, uma vez que a relva não estava cortada "em faixas paralelas à linha de meio campo nem em faixas oblíquas em relação à mesma linha", referia o comunicado do órgão federativo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.