Numa altura em que o campeonato nacional está parado devido à pandemia de coronavírus, o guarda-redes do Sporting de Braga deu uma entrevista ao site do clube na qual fala sobre a sua carreira e revela o treinador mais exigente com quem já trabalhou.

"Algumas pessoas chamam-me bicho pela forma como trabalho, como me empenho e muitas vezes como me chateio. Não gosto de perder nas peladas e sou um bocado chato, confesso. A verdade é que eles também me picam para ficar chateado, mas pronto, depois tudo passa", começa por revelar Eduardo.

Ao longo da carreira, o experiente guarda-redes já passou por clubes como Génova, Dínamo de Zagreb e Vitesse, além de ter trabalho com treinadores como Antonio Conte e Carlos Carvalhal. No entanto, para Eduardo, o técnico mais exigente foi Jorge Jesus.

"O Jorge Jesus era o mais exigente. Ele é muito explosivo, detesta ver os jogadores errar e reage no momento. Não me posso queixar porque também sou um bocado assim", admite Eduardo.

Recorde-se que o guarda-redes e o treinador cruzaram-se no Sporting de Braga na temporada 2008/2009.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.