Emprestado à formação belga do Mouscron, Diogo Queirós, jovem defesa-central do FC Porto, espera conseguir, enfim, um lugar no plantel principal dos 'dragões' em 2020/21, depois de ter integrado os trabalhos de pré-épocas nas duas anteriores temporadas.

Em entrevista publicada na edição desta quarta-feira do jornal 'Record', o jogador de 21 anos mostra-se determinado a lutar pela sua oportunidade. "Quero ir à luta. Vou encarar a pré-temporada com a mesma seriedade com que encarei as anteriores, mas visto que não foram suficientes para conquistar o meu espaço no plantel principal, sei que vou dar ainda mais, vou fazer uma pré-época ainda melhor", assegurou.

O jogador reconhece que, nesta fase, com as competições interrompidas, não sabe ainda com o que contar para o futuro próximo, mas espera ter oportunidade de mostrar o seu valor aos responsáveis 'azuis e brancos'. "Neste momento ninguém sabe muito bem o que se vai passar até ao final da época e depois no início da próxima. Mas mentiria se não dissesse que quero lutar por um lugar no plantel do FC Porto para a próxima temporada. Sem dúvida alguma é isso que tenho em mente. Espero que me chamem para fazer a pré-época e que possa mostrar o meu valor", afirmou na mesma entrevista.

Diogo Queirós tem contrato válido até com os 'dragões' até junho de 2023 e uma cláusula de rescisão fixada nos 25 milhões de euros. Esta temporada soma um golo em 21 partidas pelo Mouscron no conjunto de todas as competições. Disputou 55 partidas pela equipa B do FC Porto, mas ainda nunca disputou qualquer partida oficial pela formação principal dos 'azuis e brancos'.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.