Daniel Ramos, treinador que orientou Carlos Vinícius no Rio Ave, não tem dúvidas sobre as qualidades do brasileiro, que se prepara para ser reforço do Benfica.

"Encaixa nas grandes equipas em Portugal e no Mundo. Tem de crescer, é preciso pensar que há pouco tempo jogava na II Liga. Tudo é um grande salto para ele, do Rio Ave para o Mónaco, e para o Benfica. Tem um grande impacto. Pelas suas características, pode ser uma ótima solução para o Benfica", começou por dizer Daniel Ramos, em declarações à Rádio Renascença.

O técnico considera Carlos Vinícius um "finalizador frio", que utiliza apenas o pé esquerdo, mas que tem no jogo aéreo uma das suas maiores lacunas.

"É um finalizador puro, muito frio com o seu pé esquerdo. É rápido, solicita na profundidade e é bom nas tabelas. Segura bem a bola e tem uma grande capacidade de explosão. Coloca muito bem a bola e, por isso, faz golos com imensa facilidade. Não é muito fixo, não tem um grande jogo aéreo, é isso que tem de melhorar. Ataca bem o espaço, e precisa de outro jogador ao seu lado, que lhe dê essa mobilidade e que aproveite os espaços que ele abre", analisa.

Carlos Vinícius, que estava ligado contratualmente ao Nápoles, representou o Rio Ave na primeira metade da última época, e o Mónaco na segunda metade.

O avançado brasileiro, de 24 anos, deve assinar com os 'encarnados' um contrato válido por cinco temporadas, num negócio que deverá custar 10 milhões de euros ao clube da Luz.

Confirmando-se a transferência para a Luz, o jogador junta-se a Raúl de Tomás na lista de reforços para a frente de ataque das 'águias', que também já contratou Jhonder Cádiz, Caio Lucas e Chiquinho.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.