O Marítimo venceu hoje o Nacional por 3-2, no dérbi madeirense, a contar para a 27.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, afastando-se dos lugares de descida.

No final do jogo, o treinador do Nacional lamentou o resultado, mas deixou elogios à sua equipa.

"Tivemos posse de bola, soubemos jogar, boas jogadas de envolvimento, inúmeras situações dentro da área da equipa adversária, mas o guarda-redes defendeu. Temos de trabalhar o capítulo da eficácia, que não esteve do nosso lado e o Marítimo aproveitou as oportunidades que teve", disse Costinha.

"A minha equipa fez uma belíssima partida, num jogo muito intenso e bem disputado, em que acabámos em cima do Marítimo, mas que, com tanta posse de bola, se não ganhas ou não somas um ponto no final, acaba por não servir para nada", lamentou.

No entanto, Costinha salientou que "fica a atitude muito boa da minha equipa. Temos de manter esta mentalidade e esta atitude. Sabíamos que não era este jogo que nos ia garantir a manutenção. Há mais jogos pela frente e temos de os disputar com a mesma galhardia de hoje, mas ser mais eficazes na hora do remate."

"Quando estamos perto da 'linha de água' e no término do campeonato, há sempre a preocupação natural de encontrar uma solução para sairmos dessa zona rapidamente. Acho que o resultado de hoje é tremendamente injusto, mas tenho de aceitar", concluiu.

Com este resultado, o Marítimo reforçou o 11.º lugar, passando a contar 30 pontos, enquanto o Nacional manteve-se com 26, seguindo, para já, no 14.º posto.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.