O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol decidiu instaurar um processo de inquérito à altercação entre Fábio Coentrão e os socorristas presentes no Estádio do Dragão, no clássico FC Porto-Sporting (2-1)

Recorde-se que aos 60 minutos da partida, o árbitro Artur Soares Dias deu ordens de expulsão a um membro da equipa de emergência que estava no Estádio do Dragão na sequência de um momento de tensão com o lateral-esquerdo. Tudo começou quando o jogador do Sporting tentou repor a bola em jogo e um dos elementos de apoio médico dificultou o acesso ao esférico, gerando-se uma confusão entre vários jogadores e membros da equipa de emergência.

A intenção do processo de inquérito, refere o jornal Record, é averiguar se existiu alguma infração punível ao abrigo do regulamento disciplinar.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.