O tempo de preparação para a receção ao Santa Clara, referente à 30.ª jornada do campeonato, voltou a ser comentado por Sérgio Conceição na conferência de Imprensa de antevisão ao encontro com os açorianos.

“Disse e falei e tive a oportunidade de escrever, antes de um jogo de outra equipa portuguesa na Liga Europa, que era positivo o facto de a federação holandesa ter adiado os jogos na Holanda em função da meia-final da Champions. Não estou só a olhar para o meu pequeno jardim, mas também para o futebol português. Sinto na pele aquelas que podem, ou não, ser as melhores condições para representar o nosso país”, disse o treinador do FC Porto, que aproveitou para falar sobre o adversário deste sábado:

“É uma equipa tranquila e muita organizada, fruto do bom trabalho do seu treinador. Há um fator motivacional nas equipas que jogam contra os grandes, em que os jogadores querem demonstrar o que valem. Temos o caso de Fernando Andrade, que demonstrou qualidades que nos levou a contratá-lo no último mercado”.

Sérgio Conceição comentou ainda pedido de desculpa de Otávio nas redes sociais, depois do brasileiro ter estado envolvido no lance que originou o primeiro golo do Liverpool.

"Falei com ele quase às duas horas da madrugada, senti-me na obrigação de telefonar. Ele não precisa de dizer em público que cometeu um erro, porque eu também não venho dizer e também os cometi. Sou o primeiro a cometer. O balneário do FC Porto é muito forte. Foi mais em tom de desabafo que ele teve a necessidade de extravasar. Falámos de madrugada e depois entre nós. O erro é assumido pela equipa, como é também é toda a equipa que assume o sucesso. Não há questões individuais. Somos um grupo unido e forte e isso é uma mais-valia. Não é uma questão de concordar ou nada. Eu também me manifesto, faz parte desta modernice que são as redes sociais. Eu tenho filhos que também as utilizam, eu ainda agora utilizei na questão da recuperação das equipas na Europa. Não vejo mal".

FC Porto e Benfica continuam na liderança da I Liga, ambos com 72 pontos, mas os encarnados têm vantagem no confronto direto. Recorde-se que o Benfica também foi eliminado das competições europeias.

"Qual clube que começa a época com objetivo de vencer todas as provas que não olha para todos os jogos como finais? Isso é obvio. Aqui não há nada de diferente. Ganha peso agora porque a margem de recuperação é menor. Fica mais difícil para quem errar com o fim já à vista. Nós temos essa consciência e os nossos rivais também, com certeza. Mas, não acho que isso traga pressão acrescida, existe a pressão normal de ganhar a um adversário tranquilo. Seria bom também falar do Santa Clara, do bom trabalho que o João está a fazer com uma equipa sempre muito bem organizada."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.